Comunicado da Causa Identitária: A lei assassina

A nova redacção da lei da nacionalidade, hoje aprovada na Assembleia da República, dará à luz um monstro jurídico, gerado em consenso, por todos os partidos políticos do sistema destruidor de Portugal e dos Portugueses.

Uma vez mais, os Portugueses de cepa não são tidos nem achados, na definição rigorosa da sua Identidade: a atribuição da nacionalidade!

Segundo os vozeiros do politicamente correcto representados na AR, a nacionalidade Portuguesa está ao sabor e ao critério de apenas quatro anos de escolaridade!!! Artifício malicioso para conceder ao desbarato a nacionalidade Portuguesa a quem chegou ontem a terras lusitanas.

A Causa Identitária não põe em causa os direitos económico-sociais concedidos aos imigrantes legalmente residentes em Portugal, mas não pode sob pena de prejudicar severamente os Portugueses, concordar com a atribuição automática, ou semi-automática a quem não é Português de origem (jus sanguinis).

Com o espírito desta lei, Portugal corre o risco de no futuro se assemelhar a um qualquer Zimbabué, Haiti ou África do Sul… veja-se o passado, olhe-se o presente dessas nações.

Algumas zonas das nossas cidades prenunciam o mais negro dos cenários. Veja-se os exemplos do presente e pense-se no futuro se a nacionalidade for concedida a pessoas alheias ao espírito de ser Português e Europeu.

A Causa Identitária considera esta lei um assassínio legal da Identidade dos Portugueses. Coloca em perigo o nosso presente e hipoteca o futuro dos nossos filhos.

Portugal é dos Portugueses!
A Europa é dos Europeus!

posted by Nacionalista @ 9:13 da tarde,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home