Proclamação de Londres

Inglês, alemão, francês, italiano, espanhol – estes termos são agora apenas nomes de lugares e de variações linguísticas. Como todos os outros ricos produtos da nossa grande Cultura, continuarão a existir mas já não são termos políticos. As culturas locais da Europa poderão ser tão diversificadas quanto desejem, e gozarão de autonomia perfeita no seio do Imperium Europeu, agora que a opressão do nacionalismo vertical morreu. Qualquer pessoa que procure perpetuar o pequeno-estatismo ou o nacionalismo antiquado é o inimigo interno da Europa. Joga o jogo das forças extra-Europeias, divide a Europa e comete traição.

Traição tem agora um único significado para a Europa: significa servir qualquer outra força que não a Europa. Agora apenas há uma traição, traição à Europa. As nações estão mortas, pois a Europa nasceu.

– Francis Parker Yockey, Proclamação de Londres

posted by Nacionalista @ 2:57 da manhã,

1 Comments:

At 7:51 da tarde, Blogger PlanetaTerra said...

///

--- Serão os Imigrantes ( e filhos de Imigrantes - muitos já naturalizados europeus... ) - APOIADOS pelo Parasita Branco - que irão RETALIAR as pretensões SEPARATISTAS...

--- CONCLUSÃO ÓBVIA: agora ainda é possível avançar para o SEPARATISMO... daqui a algumas ( muito poucas ) Décadas TAL JÁ NÃO SERÁ POSSÍVEL!!!!!


P.S: Depois admira-te que eu classifique de IMBECIS aqueles Nacionalistas que propõem uma Fuga para Frente... pois estão à espera duma Guerra Civil Étnica!?!?!?!?.....

///

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home