O PCP e a democracia

A ler no Batalha Final.

posted by Nacionalista @ 2:51 da manhã,

2 Comments:

At 11:05 da manhã, Anonymous Algizsouth said...

Quanto ao seu comentário no Batalha Final, a razão não é tão dificil de explicar quanto isso: O comunismo para consumo do militante de base mais não é do que um messianismo transportado para a esfera materialista, um paraiso plasmado nos "amanhãs que cantam" e no "sol que brilhará para todos nós". Todo e qualquer messianismo minimamente bem estruturado resiste como mito-força que é a condições históricas desfavoráveis, por um lado porque é essencialmente para-histórico e ciclico, por outro porque o conhecimento da ideologia marxista por parte da população é residual.
Por outro lado os próprios conflitos da sociedade capitalista geram novas forças neo-marxistas. O próprio capital conseguiu transformá-los numa espécie de grilo falante, uma válvula de escape. Para este é bem melhor subsidiar o BE por exemplo do que deixar aparecer uma alternativa real de outros quadrantes. Em suma e peço desculpa por um comentário tão longo este marxismo é mais um produto da sociedade de consumo do que a sua antítese.

 
At 12:59 da manhã, Blogger Vanguardista said...

Mas eu não me refiro ao militante de base, que, em muitos casos, só conhece os slogans e as frases feitas. O que me espanta é a quantidade de "intelectuais" que levam "aquilo" a sério!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home