Só não vê quem não quer (I)

Do JN de hoje:
O presidente da Junta de Freguesia de Rio de Mouro, Filipe Santos, disse, ontem, que 60% da criminalidade na freguesia é praticada por imigrantes, bem como cerca de 80% da prostituição. (...) "Não existe uma vontade de se integrarem na nossa sociedade, apesar do apoio social", afirmou. Antes de considerar que os confrontos em França "podem acontecer brevemente em Rio de Mouro".

posted by Nacionalista @ 7:27 da tarde,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home