Ramiro Ledesma Ramos e a “Questão Judia”

Como ponto de partida vamos apresentar um facto incontestável. Ramiro Ledesma não coloca o eixo da sua actividade política nem no conceito de raça nem na luta contra os judeus enquanto tais e, fazendo isso, dá-nos uma vez mais prova do seu talento e da sua justa visão política. De facto, teria sido ineficaz, além de absurdo e ridículo, basear a sua acção na luta contra os judeus num país que, como a Espanha dos anos 30, quase não tinha judeus. Esta luta era lícita em países como a Alemanha, a Roménia e a Hungria, nos quais a comunidade judia detinha os postos chave de uma maneira claramente desproporcionada em relação ao seu número.
(…)
Na sua análise da revolução nacional-socialista, Ramiro Ledesma mostra a palanca mais fecunda que, no plano político, o movimento anti-judeu pode hoje em dia utilizar: a oposição ao sistema capitalista. Pois, de facto, pouco importa que os banqueiros, os financistas, os grandes industriais e os grandes capitalistas não sejam de raça judia: a sua adoração do dinheiro, em que não estão sós mas que elevam ao grau mais alto, a sua busca insaciável da riqueza mediante a exploração e o pisotear da comunidade popular coloca-os no mesmo plano dos judeus, já que assimilaram plenamente o seu espírito, segundo a justa observação de Werner Sombart.
(…)
Depois deste breve exame, podemos chegar à conclusão de que o anti-judaísmo de Ledesma Ramos é muito diferente da atitude folclórica, frequentemente próxima da mania persecutória e da paranóia, que forma o património de certos “neofascistas” de salão. A luta de Ledesma orienta-se não contra os judeus, quase inexistentes em Espanha, mas sim contra o espírito judeu expressado sobretudo pelo capitalismo e também, em menor escala, pelo marxismo.
- José Cuadrado Costa, Ramiro Ledesma Ramos e a “Questão Judia”

posted by Nacionalista @ 9:47 da tarde,

6 Comments:

At 10:22 da manhã, Anonymous Å said...

Não há email?

 
At 7:59 da tarde, Blogger Vanguardista said...

Não há, mas posso criar um.

 
At 9:08 da tarde, Blogger Mendo Ramires said...

Boa ideia.

 
At 7:42 da tarde, Blogger Vanguardista said...

vanguardanacional@inbox.com Agora só falta meter o link ali ao lado.

 
At 1:03 da manhã, Anonymous Å said...

Ok!
Segue convite para o Gmail.

 
At 1:07 da tarde, Anonymous Anónimo said...

saudações nacionalistas
parabens pelo texto. Ramiro ledesma ramos era um nacional-revolucionario espanhol, que depois juntou-se a jose antonio rivera formando assim a falange/jons
Quais são as diferenças essencias entre estes ideologos politicos?

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home